4 sinais de que você precisa otimizar processos do seu negócio

24 maio, 2022 | Logística, Processos empresariais, RFID | 0 Comentários

Reading Time: 5 minutes

Otimizar os processos da empresa não é uma alternativa, é uma necessidade a qualquer organização. Mas em uma época em que a transformação digital rege os novos rumos dos negócios, muitos procedimentos estão se tornando rapidamente obsoletos. É preciso saber a hora de atualizar estratégias.

Perceber esse momento nem sempre é fácil. Muitas vezes é difícil se desprender de antigos hábitos para abraçar novas tecnologias. Os gestores precisam manter o foco no aumento da produtividade e redução de custos, um sonho já conquistado por muitas empresas por automações.

Por isso, a mudança de mentalidade é o primeiro passo para compreender a necessidade de inovação. A tecnologia RFID é uma delas, impactando positivamente em diversos setores. 

Considerada uma evolução do código de barras, a RFID está revolucionando a estrutura das organizações. Mas como saber se está na hora de investir  em modernidade e adotar o novo modelo tecnológico que é a grande tendência do mercado?

 

Descubra se está na hora da sua empresa otimizar os processos

É importante saber o que é e como funciona a tecnologia RFID. A identificação por rádio frequência (ou Radio Frequency Identification, em inglês) é um sistema de identificação automática através das ondas de rádio. 

Esse sinal é enviado através de um circuito para antenas receptoras a até 20 metros de distância, sem necessidade de o leitor estar apontado para a etiqueta ou tag – ou mesmo do objeto estar no campo de visão.

Tudo é feito de forma automática instantaneamente, atribuindo uma identidade única e intransferível a cada elemento. Ou seja, a RFID identifica dados em tempo real sem grande necessidade de intervenções humanas, podendo parametrizar as informações diretamente na base de dados.

Assim, a tecnologia é usada para otimizar os processos dispensando a necessidade de base de dados e balanços manuais, que demandam tempo dos profissionais e estão sujeitos a erros humanos.

 

4 sinais de que está na hora de melhorar a performance da empresa

A RFID pode ser usada nos setores mais diversos, da logística à rastreabilidade de produtos de estoque e inventário, do controle de acesso de pessoas e veículos ao monitoramento de hábitos no ambiente de trabalho, das soluções em transporte à identificação e gerenciamento de ferramentas, controle veterinário, etc.

Da indústria ao varejo, passando pelas áreas de saúde, cultura e entretenimento, a tags RFID são uma solução criativa, eficiente, rápida e econômica para os mais variados modelos de negócios.

Mas será que está na hora da sua empresa otimizar os processos? Há pelo menos quatro sinais que podem mostrar que esse é o momento de mudar sua estratégia e ganhar mais competitividade no mercado.

 

1 – Problemas com erros de contagem e perda de produtos

Seus funcionários levam horas ou mesmo dias para finalizar a contagem do estoque e mesmo assim muitas vezes as contas não batem. Há frequente necessidade de recontagem. 

Constantemente há produtos desaparecidos ou colocados em prateleiras erradas, gerando desperdício de vendas perdidas e longa espera dos clientes que volta e meia desistem de esperar.

 

2 – Dificuldade no planejamento estratégico e tomada de decisões

A falta ou imprecisão de dados resultam em dificuldades para elaboração de um planejamento estratégico eficiente. 

Consequentemente isso acarreta dificuldade na tomada de decisões que possam otimizar os processos, gerar mais produtividade e, ao mesmo tempo, reduzir custos. 

Os resultados ficam aquém do esperado e acabam causando uma certa frustração na equipe, que fica desmotivada.

Tecnologia RFID | tudo que você precisa saber | Infográfico | Haco rfid

3 – Erros logísticos

Falhas no rastreabilidade de produtos e processos, falta de controle operacional, problemas com armazenamento e atrasos na entrega. Acesso facilitado de pessoal não autorizado a áreas restritas, vazamento de informações e perda de espaço para a concorrência.

 

4 – Pirataria e contrabando

Aumento no número de falsificações dos produtos, pirataria, contrabando, dificuldade de comprovação e autenticidade. Problemas de visibilidade de marca, queda nas vendas, desgaste na imagem e desalinhamento com as necessidades e exigências do consumidor.

 

Uso da RFID aumenta a eficiência dos processo e evita prejuízos

Ao otimizar os processos com as etiquetas RFID você elimina diversos problemas. Para ter uma ideia, a tecnologia reduz em 18% o tempo de localização de produtos, em 50% a 98% a acuracidade do inventário e a capacidade de 200 para mais de 20 mil itens lidos por hora em relação aos códigos de barra.

Mas há muito mais vantagens em utilizar a RFID para otimizar os processos. Veja alguns exemplos: 

 

Varejo 

No varejo, por exemplo, a tecnologia melhora a experiência do cliente com os provadores inteligentes.

Neles, espelhos interativos leem as etiquetas RFID e exibem os itens em uma tela sensível no próprio espelho. Enquanto isso, o sistema recomenda vários acessórios complementares ao produto que está sendo experimentado, como jóias, calçados, bolsas ou outras peças de roupas.

Estima-se que os provadores inteligentes com RFID aumentem em até 30% as vendas nos varejistas high-end.

Por outro lado, a adoção da tecnologia para otimizar os processos end-to-end pode eliminar filas acelerando o check-out em 60% no PDV. Etiquetas RFID costuradas nas peças possibilitam que o próprio consumidor efetue o pagamento através de um leitor embutido em um terminal. Assim os vendedores têm também mais tempo para o atendimento. 

 

Planejamento e tomada de decisões 

O acesso a informações em tempo real otimiza a coleta e fornece dados mais precisos. Dessa forma, é possível elaborar um melhor planejamento estratégico para tomadas de decisões mais assertivas.

Na agropecuária, por exemplo, a RFID é usada para otimizar os processos de identificação e gerenciamento de animais em situações de qualidade do rebanho e controle de epidemias. 

As etiquetas também estão sendo utilizadas na veterinária e zootecnia para o controle de migração de animais silvestres, com identificação feita por brincos, colares, brincos e etiquetas injetáveis sob a pele do animal.

Por outro lado, a RFID também está sendo utilizada na chamada Internet do Comportamento (IoB, na sigla em inglês). De acordo com a Gartner, etiquetas e sensores RFID foram usados para determinar se os funcionários estavam cumprindo os protocolos de higiene no retorno ao trabalho presencial após a quarentena da Covid-19.

O sistema apontou se os colaboradores estavam cumprindo as orientações de máscara e lavagem das mãos. Alto-falantes foram usados ​​para alertar as pessoas sobre violações do protocolo. A ideia é influenciar o comportamento das pessoas no trabalho de forma a garantir ambientes mais harmoniosos, saudáveis e sustentáveis. 

 

Estoque, inventário e logística 

A tecnologia permite a criação de prateleiras com produtos de valores diferenciados, controlar o acesso dos vendedores por identificação da etiqueta RFID e monitorar as peças que estão sendo removidas ou devem ser devolvidas.

Assim, é possível controlar o acesso aos produtos e evitar perdas, o que consequentemente colabora para o aumento do faturamento. 

Por outro lado, cada item etiquetado tem sua localização monitorada em tempo real: cada tag é lida em um milissegundo. Dessa forma, é possível saber a localização exata de cada item e determinar seu endereçamento. 

Como os equipamentos de movimentação de cargas são compatíveis com a tecnologia, também é possível otimizar os processos na gestão de frotas. Basta combinar a RFID com os sistemas de GPS para obter a localização em tempo real da carga transportada. 

Desse modo, a RFID permite otimizar os processos de toda a cadeia de suprimentos, conectando compra, produção, vendas e transporte. Há mais segurança em todas as etapas e menos riscos de roubo, falsificação e contrabando de mercadorias. 

 

Otimizar processos é uma escolha

Claro que depende do gestor a escolha entre otimizar os processos através dos modelos de negócios tecnológicos ou se manter nos modelos tradicionais. Mas a RFID é a tecnologia das empresas de vanguarda em praticamente todos os setores, com novas aplicações sendo descobertas – e utilizadas – a cada dia.

Vale a pena saber mais antes da sua tomada de decisão. A Haco RFID é líder no mercado da tecnologia RFID com soluções personalizadas para cada tipo de negócio. 

Conheça os produtos Haco RFID e descubra o tipo perfeito para otimizar os processos na sua empresa!

4.5/5 - (8 votes)

Gostou do conteúdo? Confira outros assuntos que podem ser interessantes para você!

Vantagens de aplicar a tecnologia RFID no armazenamento logístico

Reading Time: 3 minutes

Reading Time: 3 minutes A agilidade e eficiência nos centros de distribuição são essenciais para o seu bom funcionamento e a tecnologia RFID pode ajudar neste processo. As etiquetas RFID (Identificação por Radiofrequência) fazem a leitura dos códigos de identificação por meio de ondas de rádio, facilitando assim a sua leitura. Veja as principais vantagens da sua aplicação nos armazéns logísticos.

HACO RFID x código de barras: 5 motivos para aderir à nova tecnologia

A transformação digital está mudando definitivamente a forma de fazer negócios e a HACO RFID é uma parte importante desse processo, proporcionando mais segurança, agilidade, rastreabilidade e redução de custos.  Por isso, cada vez mais o varejo está trocando o antigo...
Inclusão digital - na imagem uma mulher branca trabalhando

Inclusão digital: como treinar colaboradores mais velhos?

Novas tecnologias não param de surgir a todo momento. E, com isso, há uma necessidade constante de reinvenção das próprias empresas para acompanhar as tendências do mercado e manter uma competitividade contínua através de ferramentas inovadoras. No entanto, nem sempre...

Logística: o que esperar desse mercado em 2023

O ano de 2023 promete começar recheado de desafios e no mundo da logística não é diferente. Dar suporte às demandas de um e-commerce cada vez mais forte e, ao mesmo tempo, humanizar o atendimento com soluções inteligentes e inovadoras são algumas delas. A vantagem é...
Tecnologia-das-Coisas.

Internet das Coisas – IOT: 6 novidades do gerenciamento de inventário

Aumentar a eficiência operacional com a Internet das Coisas (IoT) não é mais uma promessa do futuro. As soluções em IoT já são uma realidade corporativa com o uso de dados em tempo real. Em pouco tempo, aliás, a Internet das Coisas deverá ser nativa em um ambiente...
bloqueio RFID

Bloqueio RFID: entenda mais sobre esse conceito

Talvez você já tenha vivido dois lados de uma mesma situação por conta de um mesmo objeto: o seu cartão de banco. Um deles foi celebrar a facilidade de fazer pagamentos por aproximação. E o outro foi se preocupar com a facilidade de fazer pagamentos por aproximação -...

Benefícios da logística reversa: como fazer e monitorar

Um dos grandes desafios da sustentabilidade é o descarte correto dos materiais. E não só porte do comércio e das indústrias, mas também dos consumidores. No entanto, as empresas podem adotar a logística reversa, que minimiza o impacto dos detritos no meio ambiente ao...
haco rfid setores nao varejistas que se beneficiam dessa tecnologia

HACO RFID: 9 setores não varejistas que se beneficiam dessa tecnologia

A tecnologia RFID tem sido muito utilizada no varejo, principalmente na gestão de estoque. A substituição do código de barras pelo sistema traz tantos benefícios que já é considerada uma das principais estratégias para aumentar a competitividade no setor. Mas ele não...
Rastreabilidade de produtos

Rastreabilidade de produtos: da saída da fábrica até o PDV

A rastreabilidade de produtos é uma das formas mais importantes de controle logístico. O processo permite que uma empresa faça todo o caminho de determinado item, da saída da fábrica ao PDV. Assim, é possível acompanhar todo o trajeto do artigo, podendo, inclusive,...
O que considerar antes de adotar tecnologias na gestão de estoque

O que considerar antes de adotar tecnologias na gestão de estoque

Uma boa gestão de estoque é fundamental para a saúde financeira da empresa. O monitoramento eficiente da cadeia de suprimentos evita o desperdício, favorece o capital de giro, otimiza o espaço físico e ainda gera conhecimento da oferta e da procura. No entanto, nem...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This