RFID na logística agiliza processos e ajuda a reduzir custos; entenda

19 nov, 2021 | Logística, RFID | 0 Comentários

Reading Time: 4 minutes

A tecnologia das etiquetas inteligentes RFID na logística tem trazido agilidade, acuracidade, redução de custos e aumento das vendas. Conheça a seguir suas vantagens e desafios.

O que é RFID na logística?

A tecnologia RFID é um sistema de controle e gerenciamento de produtos que usa sinais de radiofrequência para identificar e capturar etiquetas anexadas a objetos e armazenar os dados. 

A finalidade do RFID é semelhante aos códigos de barras, mas com um processo muito mais rápido, mais conveniente e praticamente livre de erros.

O RFID traz agilidade e precisão em operações de rastreamento e armazenagem na logística e também em outros setores, como segurança, trânsito e até esportes.

  • Significado de RFID: acrônimo para Radio-Frequency IDentification (Identificação por Rádio Frequência, em português);
  • Origem do RFID: tecnologia desenvolvida pelo físico escocês Sir Robert Alexander Watson-Watt na Segunda Guerra Mundial para identificar no radar quais aeronaves eram amigas e quais possivelmente eram inimigas.

Agora que você viu o que é a tecnologia RFID, seu significado e origem, entenda como funciona o RFID na logística.

Como funciona o RFID na logística?

As etiquetas RFID na logística fazem a leitura de um produto e reduzem o erro humano em diversas operações nesse setor, como o monitoramento, gestão, controle de armazenamento e também nas vendas. 

O RFID faz um escaneamento do código instantaneamente durante o gerenciamento de estoque e, por isso, todo o processo se torna muito mais rápido.

O sistema RFID é composto por apenas três componentes: 

  • Etiquetas RFID. Podem ser de vários formatos, como argolas, pastilhas, cartões, plástico, vidro, epóxi ou silicone; também podem ser flexíveis, semiflexíveis ou rígidas. Conheça todos os tipos de etiqueta RFID;
  • Hardware. Uma pequena antena para receber as informações e um microchip para armazenar os dados recebidos (por exemplo, o número de série do produto);
  • Software. Este é o sistema que é responsável por automatizar toda a operação.

Com esses três componentes, um RFID tem uma etiqueta, também chamada de tag, que transmite as informações que possui ao entrar no campo de radiofrequência gerado pelas antenas. 

Os leitores presentes nas antenas decodificam a informação e enviam ao software conectado ao sistema de gestão.

Essa tecnologia ágil e confiável do RFID impacta positivamente as operações de logística. A seguir, entenda por que as etiquetas inteligentes RFID estão revolucionando a gestão de estoques.

Qual é o impacto da tecnologia RFID na logística?

A tecnologia é uma aliada histórica na solução dos desafios da logística. As etiquetas inteligentes RFID têm trazido diversas mudanças significativas à gestão de estoques. Veja algumas aplicações práticas.

Tempo real

Gerenciar o estoque manualmente é um trabalho demorado, tedioso e passível a erros. O RFID, por sua vez, tem tornado o processo automatizado e transparente. Em muitos locais, leitores RFID têm escaneado e rastreado todo estoque de uma só vez.

Um scanner RFID instalado na porta de um depósito pode fornecer atualizações instantâneas de produtos que entram e saem. Além disso, seu sistema se integra ao sistema de rede sem fio e ao sistema de gerenciamento de estoque em tempo real.

Fatores climáticos

O RFID também tem colaborado com o setor de logística para enfrentar com mais facilidade as adversidades climáticas, como alta umidade e mudanças de tempo. Independentemente desses fatores, os leitores RFID continuam com bom desempenho.

Mão de obra

Em relação à mão de obra, a tecnologia RFID tem reduzido a necessidade de funcionários apenas para localizar itens no estoque. Assim, algumas pessoas da equipe podem ser deslocadas para se concentrar em outras tarefas importantes.

Perdas e roubos

Por fim, o recurso de rastreamento do sistema RFID tem melhorado a visibilidade de cada item em um depósito, permitindo acesso fácil ao inventário e acompanhamento dos itens que são armazenados, distribuídos e reabastecidos, não importa onde esses itens estejam.

Esse recurso tem ajudado a obter atualizações sempre que algum item é extraviado ou perdido. Com isso, muitos setores de logística passaram a tomar medidas necessárias para evitar perda de dinheiro e reputação da marca.

RFID na logística: vantagens e desafios

Como vimos acima, o uso de tags RFID provocou um impacto positivo na logística. Mas será que essa tecnologia só traz benefícios? Por que muitos ainda não a adotaram?

As duas próximas seções trazem as reais vantagens e desafios do uso do RFID na logística. Assim, você vai conseguir avaliar melhor se esse sistema está alinhado com os propósitos de sua empresa.

Vantagens do RFID na logística

  1. Tendência. Uma tecnologia nova torna a antiga obsoleta. O digital substituiu o analógico. Da mesma forma, as etiquetas inteligentes RFID tendem a substituir o código de barras e os processos manuais. Comece antes e saia na frente;
  2. Acuracidade. Precisão, otimização e qualidade: em média, a acuracidade de inventário passa de 63% para 95%;
  3. Agilidade e rapidez. A redução de tempo para localizar produtos com RFID é de aproximadamente 18% e do ciclo de contagem de 96%. Além disso, o aumento na contagem de itens vai de 200 para 20 mil itens por hora, em média;
  4. Redução de custos. Com processos mais rápidos, a relação custo-benefício se torna muito maior. A economia vem em diversos setores —  da mão-de-obra à redução de perdas;
  5. Aumento nas vendas. Além de reduzir custos, as vendas aumentam, o que significa maiores lucros. Em média, isso passa de 2% para 20% aumentando a disponibilidade de itens.

Desafios do RFID na logística

  1. O mais importante: com um sistema RFID implementado corretamente por uma empresa especializada, haverá apenas vantagens para a logística. Portanto, falaremos aqui não de desvantagens, mas, sim, de desafios;
  2. Altos custos: se não houver cuidado na contratação da empresa especializada em RFID, poderá gerar custos elevados de manutenção;
  3. Falta de conhecimento: é importante compreender bem a tecnologia RFID para tirar o melhor proveito dela. Algumas empresas falham em fornecer o treinamento adequado;
  4. Problemas técnicos: é preciso ter cuidado com colisões, líquidos e itens metálicos para não danificar as etiquetas e os leitores RFID;
  5. Segurança: também é necessária cautela ao escolher a empresa especializada em RFID para que seja implementada uma rede segura e os dados fiquem protegidos.

Exemplos de RFID na logística

Um dos setores que mais se beneficiam da tecnologia RFID é o varejo. Informações em tempo real, pagamentos sem filas no PDV e armários, prateleiras e provadores inteligentes são alguns dos recursos modernos que as tags inteligentes permitem.

Parceria da Haco RFID desde 2011, a Havan já utilizou a tecnologia das etiquetas inteligentes em mais de 200 mil produtos e conseguiu reduzir o tempo dos inventários pela metade. Esse caso de sucesso virou destaque no G1, portal de notícias da Globo.

Implemente o RFID em sua logística

Neste artigo, você passou a conhecer mais sobre o RFID, o impacto dessas etiquetas inteligentes na logística, suas vantagens e desafios e um caso de sucesso na prática. Ficou interessado nos benefícios da tecnologia RFID para a logística? Entre em contato conosco.

4/5 - (1 vote)

Gostou do conteúdo? Confira outros assuntos que podem ser interessantes para você!

Vantagens de aplicar a tecnologia RFID no armazenamento logístico

Reading Time: 3 minutes

Reading Time: 3 minutes A agilidade e eficiência nos centros de distribuição são essenciais para o seu bom funcionamento e a tecnologia RFID pode ajudar neste processo. As etiquetas RFID (Identificação por Radiofrequência) fazem a leitura dos códigos de identificação por meio de ondas de rádio, facilitando assim a sua leitura. Veja as principais vantagens da sua aplicação nos armazéns logísticos.

HACO RFID x código de barras: 5 motivos para aderir à nova tecnologia

A transformação digital está mudando definitivamente a forma de fazer negócios e a HACO RFID é uma parte importante desse processo, proporcionando mais segurança, agilidade, rastreabilidade e redução de custos.  Por isso, cada vez mais o varejo está trocando o antigo...
Inclusão digital - na imagem uma mulher branca trabalhando

Inclusão digital: como treinar colaboradores mais velhos?

Novas tecnologias não param de surgir a todo momento. E, com isso, há uma necessidade constante de reinvenção das próprias empresas para acompanhar as tendências do mercado e manter uma competitividade contínua através de ferramentas inovadoras. No entanto, nem sempre...

Logística: o que esperar desse mercado em 2023

O ano de 2023 promete começar recheado de desafios e no mundo da logística não é diferente. Dar suporte às demandas de um e-commerce cada vez mais forte e, ao mesmo tempo, humanizar o atendimento com soluções inteligentes e inovadoras são algumas delas. A vantagem é...
Tecnologia-das-Coisas.

Internet das Coisas – IOT: 6 novidades do gerenciamento de inventário

Aumentar a eficiência operacional com a Internet das Coisas (IoT) não é mais uma promessa do futuro. As soluções em IoT já são uma realidade corporativa com o uso de dados em tempo real. Em pouco tempo, aliás, a Internet das Coisas deverá ser nativa em um ambiente...
bloqueio RFID

Bloqueio RFID: entenda mais sobre esse conceito

Talvez você já tenha vivido dois lados de uma mesma situação por conta de um mesmo objeto: o seu cartão de banco. Um deles foi celebrar a facilidade de fazer pagamentos por aproximação. E o outro foi se preocupar com a facilidade de fazer pagamentos por aproximação -...

Benefícios da logística reversa: como fazer e monitorar

Um dos grandes desafios da sustentabilidade é o descarte correto dos materiais. E não só porte do comércio e das indústrias, mas também dos consumidores. No entanto, as empresas podem adotar a logística reversa, que minimiza o impacto dos detritos no meio ambiente ao...
haco rfid setores nao varejistas que se beneficiam dessa tecnologia

HACO RFID: 9 setores não varejistas que se beneficiam dessa tecnologia

A tecnologia RFID tem sido muito utilizada no varejo, principalmente na gestão de estoque. A substituição do código de barras pelo sistema traz tantos benefícios que já é considerada uma das principais estratégias para aumentar a competitividade no setor. Mas ele não...
Rastreabilidade de produtos

Rastreabilidade de produtos: da saída da fábrica até o PDV

A rastreabilidade de produtos é uma das formas mais importantes de controle logístico. O processo permite que uma empresa faça todo o caminho de determinado item, da saída da fábrica ao PDV. Assim, é possível acompanhar todo o trajeto do artigo, podendo, inclusive,...
O que considerar antes de adotar tecnologias na gestão de estoque

O que considerar antes de adotar tecnologias na gestão de estoque

Uma boa gestão de estoque é fundamental para a saúde financeira da empresa. O monitoramento eficiente da cadeia de suprimentos evita o desperdício, favorece o capital de giro, otimiza o espaço físico e ainda gera conhecimento da oferta e da procura. No entanto, nem...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This